Início Site

Como treinar seu cão

0

Como treinar seu cão

Você está pronto para começar a treinar seu cachorro ou filhote? 

Treinamento e socialização adequados estão entre as necessidades básicas do seu cão. É importante começar a treinar seu cão o mais rápido possível.

No início, o treinamento do cão pode parecer bastante avassalador, especialmente se este for o seu primeiro cão. A verdade é que treinar seu cão é um projeto muito grande. Se você seguir passo a passo, verá que a tarefa é bem menos assustadora. Aqui estão algumas informações para ajudar você a começar:

  • Inicie um programa de obediência para cães: Aprenda a estabelecer uma base básica antes de começar a treinar seu cão.
  • Treine seu cão usando jogos: Treinar seu cão deve ser divertido! Todo mundo sabe que é mais fácil aprender quando você está se divertindo, então tente implementar alguns jogos em seu regime de treinamento de cães.
  • Seis semanas para um cão bem treinado: Usando esta programação como guia, você poderá ensinar seu cão o básico em cerca de seis semanas.
  • Reforço positivo: existem muitas maneiras diferentes de treinar um cão, mas a maioria dos profissionais concorda que o caminho positivo é o melhor para o cão e o treinador.
  • Assista agora: Como treinar seu cão com reforço positivo

Precisa de ajuda com o treinamento do cão? Considere obter ajuda de um treinador de cães. Experimente aulas em grupo e / ou aulas particulares, e confira aqui dicas de treinamento acessível para cães.

Treinamento da casa e treinamento da caixa

A menos que você planeje manter seu cão ao ar livre – e poucos de nós o fazem porque não é recomendado – você precisará ensinar a ele onde eliminá-lo. Portanto, o treinamento em casa (também chamado de treinamento em housebreaking ou potty ) é uma das primeiras coisas em que você precisa trabalhar com seu cão. O treinamento em caixas pode ser uma parte muito útil do processo de treinamento. Isso inclui o treinamento da casa, bem como muitas outras áreas de treinamento:

  • Aqui estão os conceitos básicos de treinar seu cão ou filhote para aceitar e até desfrutar da caixa. Não apenas ajudará nas tarefas domésticas, mas também dará ao seu cão um lugar próprio.
  • Como treinar seu cão em casa: Quando se trata disso, o treinamento em casa não é tão complicado, mas isso não significa que é fácil. Consistência e diligência são fundamentais durante o processo de abertura de casa.
  • Micção por submissão / excitação em cães: se o seu cão ainda está tendo acidentes em casa, pode ser mais do que um simples problema de invasão de casa. Seu cão pode urinar por excitação ou para expressar um comportamento submisso.

Coleira de treinamento Cães e Filhotes

Todo cão precisa aprender a andar com uma trela. Além do fato de que a maioria das áreas possui leis de proteção, haverá momentos em que manter seu cão na é para sua própria segurança. Aprenda a apresentar o seu cão ou filhote à trela e ensine-o a andar corretamente na trela, mesmo ao seu lado em uma bicicleta. Uma caminhada solta na coleira ensina seu cão a não puxar ou estocá-lo quando estiver na coleira, tornando a experiência mais agradável para você e seu cão.

Como socializar cães e filhotes

Socialização significa treinar seu filhote ou cachorro adulto para aceitar novas pessoas, animais e vários lugares, expondo-o a essas coisas. Cães socializados são menos propensos a desenvolver problemas de comportamento e geralmente são mais bem-vindos por outros. A socialização também pode ajudar a impedir o desenvolvimento de fobias.

A linha inferior é que socializar seu cão ou filhote fará dele um cão mais feliz e mais bem-comportado.

Treinamento Clicker para Cães

O treinamento com clicker , uma forma comum de reforço positivo, é um método simples e eficaz de treinamento de cães . Embora ainda seja bom treinar seu cão sem o treinamento com cliques, muitas pessoas acham útil. Com o treinamento com clickers, você pode ensinar seu cão com facilidade e eficácia a todos os tipos de comandos e truques básicos e avançados. É rápido e fácil aprender a treinar seu cão com clicker

Comandos básicos e truques divertidos

Existem alguns comandos básicos de treinamento para cães e truques para cães que todo cachorro deve saber como vir, falar, largar, ficar, voltar, etc. Os comandos básicos dão estrutura ao seu cão. Além disso, eles podem ajudá-lo a superar problemas comuns de comportamento do cão e ajudarão a mantê-lo seguro.

Como treinar seu cão para ficar

O que é mais divertido do que mostrar os truques legais do seu cão ?! Os truques para cães são uma ótima maneira de levar o seu treinamento para o próximo nível e dar a ele um estímulo mental.

Prova de comportamentos e solução de problemas

A prova é o último passo para treinar seu cão a adotar um novo comportamento. Aprenda a provar comportamentos para que seu cão seja tão obediente no parque ou na casa de um amigo, se ele estiver em sua própria sala de estar.

Lembre-se, apenas porque você atingiu os estágios finais do treinamento, não significa que problemas de comportamento não surjam. Aprenda sobre os problemas mais comuns de comportamento canino e como lidar com eles. Estes guias ajudarão você a navegar nesta parte do processo de treinamento:

  • Prova de comportamentos: pratique comportamentos em uma variedade de situações com diferentes níveis de distração. Sem provas, seu cão pode se comportar bem em sua sala de estar, mas parece esquecer todo o seu treinamento quando está fora de casa.
  • Ensine o autocontrole do seu cão: esse método ensina ao seu cão que nada na vida é gratuito, mas que ele precisa ganhar coisas como comida e atenção através da obediência.
  • Problemas comuns de comportamento canino: compreender os possíveis problemas comportamentais pode ajudá-lo a detectá-los e resolvê-los antes que as coisas saiam do controle.
  • Gerenciamentodo comportamento canino versus treinamento canino: Embora o gerenciamento do comportamento canino e o treinamento canino sejam duas coisas diferentes, eles não são mutuamente exclusivos. O gerenciamento do comportamento é uma parte importante de qualquer programa de treinamento de cães.

Treinamento avançado para cães

Depois que seu cão dominar todos os conceitos básicos, considere seguir para truques mais avançados. Essas atividades ajudarão a manter seu cão ativo, apto e mentalmente estimulado. Além disso, eles ajudarão a fortalecer o vínculo você compartilha com seu companheiro canino.

Lembre-se de que o treinamento é um processo contínuo. Você nunca estará completamente terminado. É importante continuar trabalhando no treinamento de obediência ao longo da vida de seu cão. As pessoas que aprendem um idioma em tenra idade, mas param de falar, podem esquecer muito disso à medida que envelhecem. O mesmo vale para o seu cão: use-o ou perca-o. Executando até os truques e comandos mais básicos, eles os ajudarão a se refrescar na mente do seu cão. Além disso, é uma ótima maneira de passar tempo com seu cão.

Como adestrar um Yorkshire

0
como adestrar um yorkshire
como adestrar um yorkshire

Você quer saber como adestrar um Yorkshire? Nesse artigo vamos falar tudo sobre o assunto, para que você conheça as particularidades dessa raça. Descubra como deve ser o adestramento para que você alcance resultados de verdade.

Leia Também: Por que meu cachorro come grama.

O que é o adestramento

O adestramento consiste no treinamento, visando algum resultado específico. Ao adestrar um cachorro, ele passa a demonstrar comportamentos que são esperados, como a obediência.

Tudo isso pode ser aprendido em um curso de adestramento de cães. E o melhor de tudo, o adestramento pode ser feito até mesmo em casa. Para isso, basta possuir o conhecimento, conhecendo todas as técnicas profissionais.

Dessa forma, o adestramento é uma importante ferramenta, que garante que o cão se torne mais concentrado, mais obediente e consiga se comportar da melhor maneira possível.

É durante o adestramento que o dono ou adestrador ensina comandos básicos ao animal, como se sentar, ficar, rolar e dar a patinha. Além disso, é possível ensinar o cachorro a parar de latir e fazer as necessidades no lugar certo.

Um pouco sobre essa raça

O Yorkshire é um cachorro de pequeno porte, muito popular no país. A sua fama se deve especialmente a sua beleza, que encanta qualquer pessoa. O tamanho máximo médio é de 20 centímetros.

Por causa do pequeno tamanho, esse cachorro é ideal para quem mora em espaços pequenos, como apartamentos. O cão é dócil e de fácil adaptação, o que pode melhorar ainda mais com o adestramento correto.

Apesar de ser muito brincalhão, essa raça também ajuda na proteção, apontando para a presença de pessoas estranhas dentro da residência. Além disso, podem detectar barulhos estranhos.

Como adestrar um Yorkshire

Abaixo vamos mostrar como adestrar um Yorkshire passo a passo. São algumas dicas simples, mas poderosas, que vão te ajudar a obter os melhores resultados treinando um cachorro dessa raça.

1. Use uma coleira e guia

Um dos grandes segredos para o adestramento é usar uma coleira e guia, sempre a partir do terceiro mês de vida do animal. Dessa forma ele começará a se habituar com o dispositivo, o que facilita muito o processo.

2. O treinamento deve ser breve

O cachorro da raça Yorkshire pode se cansar muito rápido. Por isso, o treinamento não deve ser muito prolongado. Se o animal for filhote, a atenção deve ser redobrada. O adestramento deve reconhecer os limites físicos de cada animal.

3. Comece o adestramento pela atenção

Já que estamos falando sobre como adestrar um Yorkshire, vale a pena mencionar que a atenção deve ser uma prioridade. Quanto antes você for capaz de treinar esse elemento, melhor para os resultados.

Chame o cachorro pelo nome, tendo sempre em suas mãos algum petisco. Essa estratégia funciona como uma recompensa positiva, estimulando o comportamento desejado.

4. Use os incentivos certos

Quando lidamos com o adestramento, precisamos focar não apenas nos resultados, como também nos incentivos. É interessante premiar o animal sempre que ele demonstra algum avanço no treinamento.

Mas isso não se faz apenas com petiscos e comida, como também com atenção, carinho e muitos mimos. Dessa forma o cachorro começa a associar o comportamento a algo positivo.

Da mesma forma, caso o Yorkshire demonstre algum comportamento negativo, ele deve ser repreendido. Castigos físicos devem ser evitados, mas é possível, por exemplo, deixar de oferecer o petisco e os mimos.

5. Tenha paciência

O adestramento pode levar algum tempo, variando de algumas semanas a alguns meses. Em outros casos, podem ser necessários anos para um resultado completo. Por isso, é importante ter paciência em todas as etapas do processo.

É difícil fazer o adestramento?

Acima mostramos como adestrar um Yorkshire. Como você pode ver, é realmente fácil. No entanto, o treinamento completo envolve muitos outros aspectos relevantes. Existem estratégias certas e específicas para atingir cada resultado.

Por isso mesmo, se você está querendo aprender adestrar cachorro, vale a pena se aprofundar mais nesse tema. Existem algumas técnicas que são gerais e se aplicam a todas as raças, mas existem outras que são especiais.

Ao adestrar um cachorro você poderá obter resultados incríveis. Cachorros adestrados são muito mais concentrados, obedientes, responsáveis e dão muito menos trabalho para os seus donos.

Dessa forma, o adestramento é fundamental para que os cachorros possam conviver de forma harmoniosa em sociedade. Faça agora mesmo o adestramento em casa!

Conheça os Chinese Crested

0
Conheça os Chinese Crested

Conheça os Chinese Crested

Conheça os Chinese Crested

O Chinese Crested é um cão pequeno de aparência exótica que na verdade não é originário da China. Ele é encontrado em duas variantes: o Calvo, com cabelos sedosos na cabeça (a crista), cauda (pluma) e pés (meias); e o Powderpuff geneticamente recessivo, que tem uma pelagem completa. Ambas as variantes podem ser encontradas em uma única ninhada.

Independentemente da variação, o Crested é um cão esguio, de ossos finos, elegante e gracioso. Ele é uma beleza, embora tenda a ganhar Concursos de Cachorro Feio com mais frequência do que outros concorrentes. Ele é o seu cachorro grande básico em um corpo pequeno, às vezes nu.

Livros caninos geralmente descrevem o Chinese Crested como altamente amigável, mas isso é realmente a exceção, e não a regra. Sim, é muito provável que ele sorria para você quando for travesso, mas não é exatamente a mesma coisa. Ele provavelmente é extremamente sensível e reativo, e tem um alto impulso social, o que o torna carente. (Espere que o seu durma sob as cobertas com você.)

Ele pode ser maravilhoso com pessoas conhecidas, mas é provável que morda estranhos, a menos que seja bem socializado e treinado para se abster desse impulso.Ao contrário da opinião popular, o Hairless não precisa usar protetor solar, loção hidratante ou qualquer outra substância aplicada na pele a qualquer momento; muitas vezes isso só causa problemas. 

A pele tem mais chances de se manter saudável se nada for colocado sobre ela. Os Cresteds precisam ser banhados regularmente , no entanto, a cada uma ou duas semanas.Muitos dos tipos sem pelos, na verdade, têm muitos pelos no corpo. Sem surpresa, a maioria das pessoas não está preparada para o quão peludo um Calvo pode ser, e isso pode ser um problema para quem sofre de alergias. 

Esses cães não são hipoalergênicos; eles são apenas shedders baixos em comparação com outras raças – mas ainda assim, eles perdem mais do que você pensaria que um cão “sem pêlo” faria. E mesmo o Calvo tem cabelo notável na cabeça, pernas e cauda. Algumas pessoas alérgicas aceitam a variedade sem pêlos, enquanto outras não têm tolerância.Esses pelos do corpo devem ser raspados para manter a pele saudável. 

Deixar crescer é muitas vezes desculpado como uma forma de manter o cão aquecido, mas o pêlo longo não desempenha esta função e, em vez disso, provoca problemas de pele (os suéteres são uma opção melhor para aquecer). O Crested não transpira pele e tem a mesma temperatura corporal de qualquer outra raça. Alguns são propensos a um equivalente canino da acne, entretanto.The Hairless Crested é incrivelmente, incrivelmente tolerante ao calor. 

Ele pode ficar deitado sob o sol de 100 graus por horas, como um lagarto, sem problemas. Ele raramente ofega e bebe muito pouca água, o que é bastante desconcertante para donos de cães experientes que deixam muita água fora.Por outro lado, ele não tolera absolutamente o frio. Algumas pessoas tentam “endurecer” seu escudo expondo-o ao frio, como se ele fosse uma muda. Isso não é apenas cruel, não funciona. O frio matará este cão muito mais rápido do que o calor.Tenha cuidado com as vacinações , drogas à base de cortisona e aplicações tópicas com este cão.

 As vacinas contra a raiva freqüentemente provocam reações. Alguns Cresteds podem ter uma reação terrível a medicamentos, incluindo preventivos tópicos contra pulgas. Uma abordagem conservadora à terapia medicamentosa é mais segura, portanto, não use nada que não seja realmente necessário.

Normalmente, eles não precisam de nenhum preventivo contra pulgas ou carrapatos – eles são o último recurso para pulgas.Cresteds são cães de família maravilhosos que adoram estar com as pessoas em suas vidas. Eles se dão bem com crianças, embora você deva considerar a idade das crianças e como eles interagem com os cães antes de trazer esta pequena criatura para seu coração e casa. 

Eles podem se machucar facilmente e não devem ser deixados sem supervisão com crianças, ou mesmo sozinhos no quintal. Com familiares de qualquer idade que saibam como lidar com cães, no entanto, eles vão brincar, aninhar-se afetuosamente no sofá e desfrutar de uma vida ativa.Por serem tão sociáveis ​​e carentes, os Cresteds podem sofrer de ansiedade de separação , o que pode levar a hábitos destrutivos e latidos .

Eles vão escalar e cavar para escapar do confinamento se forem deixados por conta própria por muito tempo. Quando você está por perto, eles são cachorros relativamente quietos, mas latem de susto.Eles se dão bem em apartamentos e qualquer outro tipo de habitação. O Chinese Crested é um maravilhoso cão de família, brincalhão, afetuoso e cativante. 

Ele é um companheiro estável que enche a vida de seus donos com amor, risos e entretenimento.Os crestados chineses são adeptos de pular, cavar e escalar. Não cometa o erro comum de subestimar suas habilidades atléticas só porque são pequenas. Eles são Houdini Hounds que podem escapar de praticamente qualquer recinto. Uma cerca de seis pés ao redor do quintal é uma boa ideia; se eles conseguirem agarrar uma cerca, eles estão por cima

. Eles não têm absolutamente nenhum medo de escalar ou pular e podem passar por mais de um metro de uma posição ereta.Uma vez fora, eles se movem rapidamente e são – como podemos dizer isso – avessos à recaptura. Eles são mais teimosos do que você. Suas habilidades atléticas são a razão pela qual muitos crestados chineses estão tomando os mundos de conformação, obediência e agilidade de assalto.Comerciantes chineses costumavam usar o Chinese Crested como ratters em seus navios e podem ter servido essa função também em ambientes agrícolas. Hoje, eles aproveitam a vida como amados animais de estimação, mas também têm personalidade para se destacarem por serem mais do que cães mimados.

Os Crested chineses são uma raça pequena adequada para muitos tipos de habitação, incluindo apartamentos.

Existe uma ligação genética entre ausência de pêlos dominante e dentes ausentes. Não é um sinal de “má criação”, simplesmente vai junto com a raça.

Um Chinese Crested não deve ser deixado sozinho no quintal ou ser deixado sem coleira em caminhadas. Por menor que seja, os cães grandes podem considerá-lo uma presa. Ele pode escapar facilmente por meio de cercas e pode pular até mesmo as mais altas.

Embora os chineses Cresteds se dêem bem com crianças, a idade e a personalidade das crianças devem ser levadas em consideração antes de comprar um desses cães. Eles podem se machucar facilmente devido ao seu tamanho minúsculo.

O fato de ele ser um cão de aparência exótica pode atrair você para um Chinese Crested, mas entenda que eles podem ser tão temperamentais quanto o próximo cão – e mais do que algumas raças.

Eles têm uma tendência teimosa.

Os crestados chineses latem e se comportam como cães de guarda em miniatura. Se você quer uma raça mais silenciosa, procure outro lugar.

Chinese Cresteds são cães de companhia e preferem estar com seus donos e famílias. Eles não podem ser deixados do lado de fora sozinhos e escalarão e cavarão para escapar do confinamento se forem separados de seus donos. Eles também podem sofrer de ansiedade de separação , o que pode torná-los destrutivos quando são deixados sozinhos por muito tempo.

A socialização adequada é necessária para o Chinese Crested, uma vez que eles podem se tornar tímidos e com medo das pessoas.

Os crestados chineses são relativamente limpos e baixos a não inclinados.

Para obter um cão saudável, nunca compre um filhote de um criador irresponsável, fábrica de filhotes ou pet shop. Procure um criador de boa reputação que teste seus cães reprodutores para ter certeza de que estão livres de doenças genéticas que podem passar para os filhotes e que têm temperamentos saudáveis.

HistóriaOs cães de crista chineses não vêm realmente da China. Eles evoluíram de cães africanos ou mexicanos (ninguém sabe ao certo quais) sem pêlos que foram reduzidos em tamanho pelos chineses.

Acredita-se que o Crested acompanhou marinheiros chineses em alto mar já em 1530, caçando vermes durante e entre os períodos de peste (hoje eles ainda podem ser encontrados em cidades portuárias em todo o mundo). 

Em meados do século 19, Cresteds começou a aparecer em várias pinturas e gravuras europeias.Os nomes anteriores do Crested incluem Chinese Hairless, o Chinese Comible Dog, o Chinese Ship Dog, e o Chinese Royal Hairless.Os chineses criaram o cão por suas excelentes habilidades de ratoeira a bordo de seus navios, e os marinheiros os comercializaram em portos diferentes. 

A documentação de europeus de um cão sem pêlo que se parecia muito com o Chinese Crested apareceu já em 1700, quando viajantes europeus visitaram portos marítimos chineses e embarcaram em navios mercantes chineses.Os chineses aparentemente viam o Chinese Crested como tendo poderes de cura mágicos; eles também os usavam como almofadas de aquecimento vivas. Eles foram mantidos por imperadores chineses, bem como por marinheiros.Não está claro quando a raça chegou oficialmente à América do Norte, mas o primeiro clube da raça aqui foi fundado em 1974. Na China, a raça se tornou rara.

TamanhoA altura média de um Chinese Crested é entre 11 a 13 polegadas para ambos os sexos. Eles geralmente pesam até 12 libras.

PersonalidadeAlerta e feliz, o Crested adora e idolatra seu povo. Espere beijos e muitos momentos de aconchego em seu colo deste rapaz feliz e amoroso. Entenda que ele não aceita estranhos facilmente – mas quando ele começar a amá-lo, você se tornará o mundo dele.Ele é um excelente companheiro e extremamente inteligente. 

Esteja ciente, entretanto, de que muitos treinadores de cães os classificam injustamente na escala de inteligência porque eles não se encaixam no perfil típico de personalidade de um cão. O Crested não é uma boa raça para treinadores insensíveis.O Chinese Crested pode ser teimoso. Intensamente social, ele se liga fortemente a sua matilha imediata. 

Cristas realmente amigáveis ​​são a exceção e não a regra, já que a maioria desconfia naturalmente de estranhos. Ele pode ser reativo, e essa característica combinada com seu alto impulso social tende a torná-lo carente. Ele é maravilhoso com pessoas conhecidas, mas provavelmente morderá estranhos, a menos que seja socializado e treinado a partir desse impulso.Ele alertará o latido para proteger sua casa (não que o ladrão vá ficar apavorado). Ele não é particularmente tagarela, mas é inflexível sobre seu dever de guarda e fará seu trabalho.

 Alguns também gostam de uivar ou cantar.O temperamento é afetado por uma série de fatores, incluindo hereditariedade, treinamento e socialização. Filhotes com bom temperamento são curiosos e brincalhões, dispostos a se aproximar das pessoas e ser abraçados por elas.

 Escolha o filhote de cachorro no meio da estrada, não aquele que está batendo em seus irmãos de ninhada ou aquele que está escondido no canto.Sempre encontre pelo menos um dos pais – geralmente a mãe é quem está disponível – para garantir que eles tenham um temperamento agradável com o qual você se sinta confortável. Encontrar irmãos ou outros parentes dos pais também é útil para avaliar como será um filhote de cachorro quando crescer.

Como todo cão, o Crested precisa de socialização precoce – exposição a muitas pessoas, imagens, sons e experiências diferentes – quando são jovens. A socialização ajuda a garantir que seu filhote de cachorro com crista cresça e se torne um cachorro completo.Inscrevê-lo em uma classe de jardim de infância de filhotes é um ótimo começo. Convidar visitantes regularmente e levá-lo a parques movimentados, lojas que permitem cães e em passeios descontraídos para conhecer os vizinhos também o ajudará a aprimorar suas habilidades sociais.

SaúdeEm geral, as cristas são saudáveis, mas, como todas as raças, estão sujeitas a certas condições de saúde. Nem todos os Cresteds terão alguma ou todas essas doenças, mas é importante estar ciente delas se você estiver considerando esta raça.Se você estiver comprando um filhote, encontre um bom criador que mostrará a você os cuidados de saúde para os pais de ambos. 

As autorizações de saúde provam que um cão foi testado e liberado de uma condição específica.Em Cresteds, você deve esperar ver as autorizações de saúde da Fundação Ortopédica para Animais (OFA) para displasia de quadril (com uma pontuação de regular ou melhor), displasia de cotovelo, hipotireoidismo e doença de von Willebrand; da Auburn University para trombopatia; e da Canine Eye Registry Foundation (CERF), certificando que os olhos são normais. Você pode confirmar as autorizações de saúde verificando o site da OFA (offa.org).

Problemas dentários: tendem a surgir devido a uma ligação genética que existe entre a falta de pelos dominante e a falta de dentes. O Hairless Crested tem pequenos dentes semelhantes a pinos que podem se inclinar em direção à frente da boca e causar problemas; o Powderpuff tem dentição normal de raça de brinquedo. Os calvos geralmente perdem muitos dentes por volta dos dois ou três anos de idade. Alguns Calvos requerem comida enlatada, enquanto outros comem ração sem problemas, assim como o Powderpuff.

Atrofia progressiva da retina (PRA): Esta é uma família de doenças oculares que envolve a deterioração gradual da retina. No início da doença, os cães afetados tornam-se cegos à noite; eles perdem a visão durante o dia à medida que a doença progride. Muitos cães afetados se adaptam bem à visão limitada ou perdida, desde que o ambiente ao seu redor permaneça o mesmo.

Doença de Legg-Calve-Perthes: Esta condição envolve a articulação do quadril. Se o seu Crested tiver Legg-Perthes, o suprimento de sangue para a cabeça do fêmur (o grande osso posterior da perna) é reduzido e a cabeça do fêmur que se conecta à pelve começa a se desintegrar. Os primeiros sintomas, claudicação e atrofia do músculo da perna, geralmente ocorrem quando os filhotes têm de quatro a seis meses de idade. A cirurgia pode corrigir a condição, geralmente resultando em um filhote sem dor.

Ceratoconjuntivite Sicca: conhecida como “olho seco”, é exatamente o que o nome indica: inflamação e olho seco. Ocorre quando há uma deficiência na porção de água do filme lacrimal. O olho fica seco e as membranas ficam apenas com óleo e muco. Os sintomas podem ser confundidos com conjuntivite, que também apresenta uma secreção amarela pegajosa. O diagnóstico é feito com um teste de laceração de Schirmer. O tratamento geralmente consiste em colírios e pomadas.

CuidadoUm Chinese Crested precisa apenas de exercícios mínimos – ele não é um bom companheiro de corrida – mas o estímulo mental é importante. Existem muitos brinquedos e quebra-cabeças projetados para cães no mercado, e ele pode se divertir com muitos deles.Em geral, os crestados chineses são fáceis de treinar, mas têm uma veia teimosa, o que significa que você precisa de paciência. O reforço positivo é o único caminho, e a correção precisa ser tratada com sensibilidade, porque a raça pode ser naturalmente tímida.

A socialização é necessária, então, se possível, encontre um lugar que ofereça aulas separadas para cachorros pequenos, para que seu Crested possa socializar com cães de tamanhos semelhantes. Ele pode se machucar enquanto brincava com um filhote maior.

O treinamento na caixa beneficia todos os cães e é uma forma gentil de garantir que seu Crested não tenha acidentes em casa ou entre em coisas que não deveria. Uma caixa também é um lugar onde ele pode se retirar para uma soneca. Treinar na caixa em uma idade jovem ajudará seu Crested a aceitar o confinamento se ele precisar ser internado ou hospitalizado.

Nunca enfie seu Chinese Crested em uma caixa durante todo o dia, no entanto. Não é uma prisão e ele não deve passar mais do que algumas horas de cada vez, exceto quando está dormindo à noite. Ele é um cão do povo e não deve passar a vida trancado em uma caixa ou canil.Treinamento da caixa também é útil para housetraining , que pode ser uma área difícil de treinamento para a crista chinês (como um grupo, raças do brinquedo pode ser difícil de housetrain) – mas tudo vai clicar no lugar eventualmente.

AlimentandoQuantidade diária recomendada: 1/4 a 1 xícara de alimento seco de alta qualidade por dia, dividido em duas refeições.Observação: o quanto seu cão adulto come depende de seu tamanho, idade, constituição física, metabolismo e nível de atividade. 

Os cães são indivíduos, assim como as pessoas, e nem todos precisam da mesma quantidade de comida. É quase desnecessário dizer que um cão altamente ativo precisará de mais do que um cão viciado em televisão. A qualidade da comida de cachorro que você compra também faz diferença – quanto melhor a comida de cachorro, mais longe ela irá para nutrir seu cão e menos você precisará sacudir na tigela dele.

Mantenha seu Crested em boa forma medindo sua comida e alimentando-o duas vezes ao dia, em vez de deixar comida fora o tempo todo. Se você não tiver certeza se ele está acima do peso, faça o teste de visão e o teste prático.Primeiro, olhe para ele. Você deve ser capaz de ver uma cintura. Em seguida, coloque as mãos nas costas dele, os polegares ao longo da coluna e os dedos abertos para baixo. Você deve ser capaz de sentir, mas não ver suas costelas, sem ter que pressionar com força. Se você não puder, ele precisa de menos comida e mais exercícios.Para mais informações sobre como alimentar seu Crested, consulte nossas diretrizes para comprar a comida certa , alimentar seu filhote e alimentar seu cão adulto .

Cor da pelagem e aparênciaCasacos Powderpuff são vistos em todas as cores e em combinações de mogno, azul, lavanda ou cobre. Eles podem ser sólidos ou manchados. Os tons de pele dos calvos são rosa e preto. Talvez seja a nudez essencial do Calvo que fez da stripper Gypsy Rose Lee uma criadora.

O Hairless Chinese Crested é careca, exceto pelo cabelo macio e solto na cabeça, pés e cauda. Os pêlos do corpo devem ser raspados para proteger a pele. Não use protetor solar ou hidratantes; deixe a pele natural. O Hairless deve ser banhado freqüentemente com um shampoo de alta qualidade. Como ele pode estar sujeito a problemas menores de pele, como acne, verifique se há cravos pretos durante a limpeza.Powderpuff Cresteds dá muito trabalho para cuidar.

 Eles têm uma pelagem dupla sedosa e o subpêlo é abundante e ficará embaraçado se o cão não for tratado regularmente. Barbear o rosto é uma opção. O Powderpuff precisa ser escovado semanalmente , exceto quando o pelo do filhote está se transformando em pelo de adulto, durante o qual a escovação é melhor feita diariamente. Um pino ou escova de cerdas é melhor. 

Todas as esteiras devem ser trabalhadas e qualquer “feltragem” entre as almofadas dos pés deve ser removida.Os pulverizadores em pó devem ser banhados regularmente, mas não com a mesma frequência que o Hairless, e eles precisam de um xampu de alta qualidade para evitar que os óleos necessários sejam removidos do cabelo e da pele. 

O cão deve ser enxugado e secado (em uma temperatura muito baixa) para evitar que ele resfrie ou seu pêlo fique muito seco.Comece a preparar seu Crested desde jovem. O cuidado permite que você tenha a oportunidade de se relacionar com seu filhote, bem como verificar se há sinais de doença que ele possa estar apresentando. 

Faça da tosa uma experiência positiva e você descobrirá que os exames veterinários e as sessões de tosa quando o cão atingir a maturidade serão tarefas fáceis e agradáveis.A maioria dos serviços de tosa está disponível no pet shop local, e se você não tiver certeza ou estiver desconfiado de fazer alguma coisa sozinho, especialmente fazer a barba, deve procurar a ajuda de um profissional.Ambas as variedades podem ter problemas dentários, mas o Calvo é particularmente propenso. Escove os dentes pelo menos duas ou três vezes por semana para remover o acúmulo de tártaro e as bactérias que se escondem dentro dele. 

A escovação diária é ainda melhor se você deseja prevenir doenças gengivais e mau hálito.Apare suas unhas uma ou duas vezes por mês se seu cão não as desgastar naturalmente para evitar lágrimas dolorosas e outros problemas. Se você pode ouvi-los clicando no chão, eles são muito longos. 

As unhas dos pés de cachorro têm vasos sanguíneos e, se você cortar muito, pode causar sangramento – e seu cachorro pode não cooperar na próxima vez que vir o cortador de unhas saindo. Portanto, se você não tem experiência em aparar unhas de cachorro, peça dicas a um veterinário ou a um tratador

.Suas orelhas devem ser examinadas semanalmente quanto a vermelhidão ou mau cheiro, o que pode indicar uma infecção. Quando você verificar as orelhas do seu cão, limpe-as com uma bola de algodão umedecida com um limpador de ouvido suave e com pH equilibrado para ajudar a prevenir infecções.

 Não insira nada no canal auditivo; apenas limpe o ouvido externo.Comece a acostumar seu Crested a ser escovado e examinado quando ele for um filhote. Manuseie suas patas com frequência – os cães são sensíveis aos pés – e olhe dentro de sua boca. Faça da preparação uma experiência positiva, repleta de elogios e recompensas, e você estabelecerá as bases para exames veterinários fáceis e outros procedimentos quando ele for adulto.

Enquanto você se arruma, verifique se há feridas, erupções na pele ou sinais de infecção, como vermelhidão, sensibilidade ou inflamação na pele, no nariz, na boca e nos olhos e nos pés. Os olhos devem estar claros, sem vermelhidão ou secreção. Seu cuidadoso exame semanal o ajudará a identificar precocemente possíveis problemas de saúde.

Crianças e outros animais de estimaçãoCrianças doces e gentis são adoradas por Chinese Crested. As crianças precisam ter idade suficiente para entender que devem ter cuidado com esses cães pequenos.

Como acontece com todas as raças, você deve sempre ensinar as crianças como se aproximar e tocar os cães e sempre supervisionar quaisquer interações entre cães e crianças pequenas para evitar mordidas ou puxões de orelha ou cauda por parte de qualquer uma das partes. Ensine seu filho a nunca se aproximar de nenhum cachorro enquanto ele está comendo ou dormindo, ou a tentar tirar a comida do cachorro. Nenhum cachorro, por mais amigável que seja, deve ser deixado sem supervisão com uma criança. Cresteds amam outros animais de estimação e são brincalhões com eles.

10 raças de cães mais agressivas: classificações e informações de temperamento

0

10 raças de cães mais agressivas: classificações e informações de temperamento

Você está procurando um novo cachorro para manter como animal de estimação da família e gostaria de saber as raças que podem não ser as melhores para crianças? Depois de fazer muita pesquisa, compilei uma lista das 10 raças de cães mais agressivas.

10 raças de cães maldosos

 Procriar
1Chihuahua
2Dachshund
3 –Chow Chow
4Doberman Pinscher
5Dálmata
6Rottweiler
7Jack Russell terrier
8Pastor alemão
9American Staffordshire / Pit Bull Terrier
10Husky siberiano

Classificados do mais agressivo ao menos agressivo com base nas porcentagens da American Temperament Test Society (ATTS)

Como eu determinei quais raças de cães são as mais perigosas

Ao fazer minha pesquisa, descobri que diferentes organizações e diferentes “especialistas” têm suas próprias opiniões sobre quais raças de cães são as “mais agressivas”. As classificações também variam.

Os cães nesta lista são classificados em ordem do menor para o maior percentual de cães que passaram no teste de temperamento conduzido pela American Temperament Test Society. As raças com os percentuais mais baixos são aquelas que frequentemente apresentam sinais de agressão, pânico ou timidez extrema durante o teste.

Embora existam raças com percentagens ainda mais baixas do que as mencionadas neste artigo, decidi limitar a lista a 10 raças que são mais frequentemente classificadas como altamente agressivas (ou seja, essas são raças que são mais comumente consideradas “agressivas” ou “perigosos” e / ou estão incluídos na legislação específica da raça).

Definição de agressão canina

A agressão do cão é definida como um comportamento perigoso dirigido a outro indivíduo, incluindo outros animais. Esse comportamento inclui latir, morder, se lançar, rosnar, etc. A causa pode variar de defensividade territorial e proteção ao medo ou ansiedade social.

Chihuahua
Chihuahua | Fonte

1. Chihuahua

  • O chihuahua é a menor raça de cão registrada no American Kennel Club. Eles também são conhecidos como sendo os menores cães do mundo.
  • Eles estão incluídos no grupo de cães de brinquedo e variam de 4 a 6 libras.
  • Eles podem ter cabelos curtos ou longos.
  • O chihuahua pode vir em qualquer cor e sua coloração pode ser sólida, marcada ou salpicada.
  • O chihuahua é considerado uma das raças de cães mais antigas da América.
  • A raça teve origem no estado mexicano de Chihuahua, daí o seu nome. Foi introduzido na Europa pelo famoso explorador Cristóvão Colombo.
  • Os chihuahuas são muito leais e dedicados aos donos, mas geralmente são cães de uma ou duas pessoas. Eles podem ser devotados ao ponto do ciúme e podem morder ou atacar alguém que se aproxime demais de seu dono. Eles são muito temperamentais e não são conhecidos por serem cães amigos das crianças.
  • Como não gostam de estranhos, eles latem com frequência e podem ser bons como cães de guarda no estilo alerta.

Teste de temperamento de chihuahua

TestadoPassadoFalhouPorcentagem Aprovada
46321469,6%

Com base em estatísticas da American Temperament Test Society (ATTS)

Fonte

2. Dachshund (liso padrão)

  • O dachshund é classificado no grupo de cães pelo AKC.
  • Eles podem variar em tamanho de 8 a 32 libras.
  • O dachshund vem em cabelos longos e curtos e pode ser de qualquer cor.
  • Esta raça cão pequeno teve origem na Alemanha no 17 º século, e eles foram utilizados principalmente para caçar texugos. Eles estavam à beira da extinção após a Primeira Guerra Mundial, mas agora são um dos cães mais populares da América.
  • O dachshund é suscetível à “síndrome do cão pequeno”, o que basicamente significa que ele tenta compensar seu tamanho pequeno com uma atitude grande. Isso pode levar a problemas de comportamento.
  • Se socializados desde cedo, eles se dão bem com as crianças, mas não se dão bem com muitas brincadeiras rudes.
  • Tome cuidado com pequenos animais de estimação, como camundongos, ratos, hamsters, pois os bassês têm um forte instinto de caça em relação a esse tipo de animal.

Teste de Temperamento Dachshund

TestadoPassadoFalhouPorcentagem Aprovada
48331568,8%

Com base em estatísticas da American Temperament Test Society (ATTS)

Chow Chow
Chow Chow | Fonte

3. Chow Chow

  • O chow chow é listado como um cão de tamanho médio no grupo não esportivo com o AKC.
  • Eles podem pesar entre 45 e 70 libras.
  • Eles têm pelagens longas e grossas que podem vir nas cores vermelha, preta, azul, creme ou canela.
  • A origem exata do chow chow é desconhecida, mas acredita-se que eles tenham se originado há milhares de anos na China ou na Mongólia. Sabe-se que eram mais frequentemente usados ​​como cães de caça e pastoreio.
  • Eles tornou-se popular nos EUA durante o 20 º século, quando o presidente Calvin Coolidge uma propriedade como um animal de estimação.
  • O chow chow tem uma personalidade dominante e às vezes pode se tornar assertivo. Por causa de sua assertividade, eles não são recomendados para donos de cães pela primeira vez.
  • Orientação forte e treinamento firme são necessários para ter um chow chow bem-educado.
  • Também foi notado que eles não têm uma boa visão periférica, então podem se assustar facilmente.

Teste de temperamento chow chow

TestadoPassadoFalhouPorcentagem Aprovada
99712871,7%

Com base em estatísticas da American Temperament Test Society (ATTS)

Doberman Pinscher
Doberman Pinscher | Fonte

4. Doberman Pinscher

  • O Doberman Pinscher é listado pelo AKC como um cão de tamanho médio no grupo de trabalho.
  • Eles variam em tamanho de 70 a 90 libras.
  • Eles têm uma pelagem espessa, brilhante, de pêlo curto e vêm nas cores vermelho, preto, azul ou fulvo.
  • A origem do Doberman remonta à Alemanha, onde um homem com o nome de Karl Louis Doberman é creditado com o desenvolvimento desta raça. Ele trabalhava como cobrador de impostos e queria um cachorro que pudesse levar consigo para proteção em suas visitas às áreas mais perigosas por onde passasse.
  • O Doberman é uma raça muito inteligente e tem sido utilizado principalmente como cães de guarda e para trabalhos policiais.
  • Eles têm um instinto protetor muito forte em relação aos seus donos, mas se criados com uma liderança forte e bons donos, podem se dar bem com as crianças e também com outros cães.

Teste de Temperamento Doberman

TestadoPassadoFalhouPorcentagem Aprovada
1.7331.37135979,1%

Com base em estatísticas da American Temperament Test Society (ATTS)

Dálmata
Dálmata | Fonte

5. Dálmata

  • O Dálmata é listado pelo AKC como um cão de tamanho médio no grupo de trabalho.
  • Eles variam em tamanho de 45 a 60 libras.
  • Eles têm uma pelagem curta, densa e brilhante que é branca com manchas pretas ou marrons.
  • A origem exata do dálmata não foi confirmada. Cães semelhantes foram encontrados em pinturas nas paredes de tumbas egípcias, onde corriam atrás de carruagens. Eles têm sido usados ​​como cães de transporte, protegendo passageiros e cargas, desde o final do século XVIII.
  • O Dálmata pode ser reservado com outros cães e precisa ser socializado desde cedo.
  • Eles são bons com crianças, mas se não receberem atenção suficiente do mestre, podem desenvolver alguns problemas comportamentais.
  • Eles são cães muito ativos e precisam de um bom lugar para liberar um pouco dessa energia.

Teste de temperamento dálmata

TestadoPassadoFalhouPorcentagem Aprovada
3582915981,3%

Com base em estatísticas da American Temperament Test Society (ATTS)

Rottweiler
Rottweiler | Fonte

6. Rottweiler

  • Rottweilers são listados como cães de grande porte no grupo de trabalho.
  • Eles podem variar em tamanho de 85 a 130 libras.
  • São cães de pêlo curto com uma pelagem reta e densa, preta com manchas de ferrugem ou mogno.
  • O Rottweiler recebe o nome da pequena cidade de Rottweil, na Alemanha. Eles foram inicialmente conhecidos como “o cão do açougueiro Rottweil”, mas o nome foi posteriormente encurtado para Rottweiler.
  • Nos primeiros dias, eles eram usados ​​para pastoreio de gado e caça de ursos, entre outras coisas.
  • Eles se tornaram populares nos Estados Unidos como cães de guarda e trabalharam com o Exército e as forças policiais.
  • Os rottweilers podem ser bastante indiferentes e não aceitam estranhos facilmente.
  • Eles são muito leais e protetores com seus proprietários e defenderão sua “área” de origem.
  • Normalmente são bem-humorados com crianças, mas devido ao seu tamanho e nível de energia, não são recomendados para famílias com crianças muito pequenas.

Teste de temperamento de Rottweiler

TestadoPassadoFalhouPorcentagem Aprovada
5.8664.95491584,5%

Com base em estatísticas da American Temperament Test Society (ATTS)

Jack Russell terrier

7. Jack Russell Terrier

  • A raça terrier Jack Russell não é reconhecida pelo AKC devido à oposição das sociedades parentais da raça. Em vez disso, isso resultou no reconhecimento do terrier Parson Russell. O terrier Jack Russell e o terrier Parson são basicamente da mesma raça, mas com pequenas diferenças.
  • Jack Russells são cães de pequeno porte e variam de 14 a 18 libras.
  • Eles são predominantemente de cor branca com manchas pretas ou castanhas.
  • Seu casaco pode ser curto, longo ou quebrado. O termo “quebrado” refere-se a uma pelagem de cabelo comprido e curto.
  • A origem do Jack Russell começou na Inglaterra, onde foram usados ​​principalmente para a caça à raposa. Eles também têm sido usados ​​na caça de marmotas e texugos.
  • Os terriers “Russell” são cães muito enérgicos e teimosos.
  • Eles têm pouca paciência e não são muito tolerantes com crianças.

Jack Russell terrier

TestadoPassadoFalhouPorcentagem Aprovada
68581085,3%

Com base em estatísticas da American Temperament Test Society (ATTS)

Pastor alemão
Pastor alemão | Fonte

8. pastor alemão

  • O pastor alemão é um cão de tamanho médio incluído no grupo de pastoreio do AKC.
  • Eles variam em tamanho entre 70 e 85 libras.
  • As origens da raça remontam a Karlsruhe, Alemanha, em 1800.
  • Durante a Primeira Guerra Mundial, eles foram usados ​​como cães militares pelos militares alemães e franceses.
  • Eles não gostam de estranhos e, portanto, são bons cães de guarda.
  • Eles são uma raça muito inteligente e foram os primeiros a serem usados ​​como cães-guia para cegos.
  • Eles são freqüentemente usados ​​em equipes de busca e resgate e também servem como cães policiais e narcóticos.
  • O pastor alemão se tornou um dos cães mais populares da América.

* Apesar de aparecer em muitas listas de “cães agressivos”, tudo que pesquisei me diz que eles são bons com crianças. Enquanto eles não forem treinados como cães de guarda, eu, pessoalmente, não vejo o pastor alemão como uma raça “agressiva”.

Teste de temperamento de pastor alemão

TestadoPassadoFalhouPorcentagem Aprovada
3.3182.82749485,2%

Com base em estatísticas da American Temperament Test Society

American Pit Bull Terrier
American Pit Bull Terrier | Fonte

9. American Staffordshire / Pit Bull Terrier

  • American Staffordshire terrier também é conhecido como o American Pit bull terrier.
  • Eles são cães de tamanho médio incluídos no grupo terrier e podem pesar entre 55 a 65 libras.
  • O American Staffordshire terrier teve origem na Inglaterra, na região de Staffordshire, daí o seu nome.
  • A primeira linhagem desta raça foi projetada para uso como cães de guarda e luta de cães, e eles foram criados para um corpo mais forte e robusto. Quando a raça foi trazida para a América e as lutas de cães foram proibidas, uma segunda linhagem desta raça se desenvolveu. Essa nova variação era mais amena e com moldura menor.
  • Conhecido como pit bull americano , esta nova linhagem de pit bull é muito leal e protetora com seu dono e família. Eles também são conhecidos por serem muito bons e pacientes com crianças.
  • Se você não tiver certeza sobre o pedigree de um pit bull, faça uma verificação de antecedentes antes de escolhê-lo como animal de estimação.

Teste de temperamento de American Staffordshire / Pit Bull Terrier

 TestadoPassadoFalhouPorcentagem Aprovada
American Pit Bull Terrier91379811587,4%
American Staffordshire Terrier71661010685,2%

Com base em estatísticas da American Temperament Test Society (ATTS)

Husky siberiano marrom / vermelho
Husky siberiano marrom / vermelho | Fonte

10. Husky Siberiano

  • husky siberiano é um cão de tamanho médio, listado no grupo de “trabalho” do AKC.
  • Eles variam em tamanho de 35 a 70 libras.
  • Eles têm cabelo de comprimento médio e uma pelagem dupla.
  • Suas cores são vermelho e branco, preto e branco, cinza e branco ou prata.
  • O Husky Siberiano teve origem na Sibéria, onde eram usados ​​para puxar trenós por longas distâncias em climas frios. Eles também têm sido usados ​​como cães de resgate.

* Através de minha pesquisa e minha experiência com quatro huskies siberianos, não consigo encontrar estudos definitivos que provem que os huskies têm personalidades agressivas, mas eles apareceram em muitas listas de cães agressivos, e é por isso que estão nesta. Pela minha experiência, os huskies tendem a ser territoriais e nem sempre se dão bem com outros cães, mas geralmente são bons com crianças.

Husky siberiano

TestadoPassadoFalhouPorcentagem Aprovada
3042644086,8%

Com base em estatísticas da American Temperament Test Society (ATTS)

Compreendendo os resultados do teste de temperamento

Não concordo totalmente com as porcentagens fornecidas pela American Temperament Test Society , porque o número de cães testados por raça não é o mesmo. Por exemplo, ao realizar o teste de agressão na raça Rottweiler, mais de 5.000 Rottweilers foram testados, enquanto apenas 46 Chihuahuas foram submetidos ao mesmo teste. Portanto, as porcentagens não podem representar totalmente o nível de agressão de uma raça inteira.

Como o teste é conduzido

De acordo com o ATTS, o teste “enfoca e mede diferentes aspectos do temperamento, como estabilidade, timidez, agressividade e simpatia, bem como o instinto do cão de proteção para com seu dono e / ou autopreservação diante de uma ameaça. “

O teste simula uma caminhada pela vizinhança onde o cão encontra situações neutras, amistosas e ameaçadoras. Isso é conduzido com uma série de estranhos diferentes se aproximando do manipulador, bem como uma série de ruídos ocultos. O objetivo do teste é examinar como o cão reage às pessoas, aos ruídos e ao ambiente ao seu redor.

Como a taxa de aprovação é determinada

A porcentagem listada em cada raça indica o número de cães que passaram no teste de temperamento com base no número total de cães testados para aquela raça. Se houvesse 46 cães testados para a raça Chihuahua e 14 desses cães fossem reprovados, a porcentagem seria o número de cães aprovados (32) dividido pelo total (46), o que resulta em uma taxa de aprovação de 69,9%.

A falha é determinada quando um cão mostra quaisquer sinais do seguinte:

  • Agressão não provocada
  • Pânico sem recuperação
  • Forte evasão

Deficiências a considerar

  • Como a “forte evasão” é considerada uma falha, o teste ATTS pode não ser uma medida precisa da agressão sozinho.
  • O número de cães testados por raça varia muito, então as porcentagens podem ser distorcidas.

Um debate dividido: qual é a raça de cães mais perigosa?

Existem muitos treinadores de cães que, quando questionados sobre qual é o cão mais agressivo, não respondem com uma raça específica. O comportamentalista de cães celebridades Cesar Milan é uma dessas pessoas que é contra a rotulagem da raça. Milan acredita fortemente que “o cão mais perigoso do mundo é aquele que foi feito assim por um humano”.

Sua visão reflete a importância de buscar a verdade além de meros números e estatísticas. Qualquer pessoa que já teve um pit bull – uma raça conhecida por sua perversidade – pode atestar o comportamento gentil, senão excessivamente afetuoso do pit bull quando criado com amor e cuidado por seus donos.

Os cães são um reflexo de seu ambiente familiar e de treinamento. Portanto, se uma determinada raça é comumente considerada como tendo uma personalidade “agressiva”, isso pode apontar para o tipo de pessoa que tende a possuir aquela raça específica (por exemplo, os pastores alemães são frequentemente propriedade de pessoas que os treinam para proteger a propriedade, daí sua hostilidade comportamento em relação a estranhos).

Conclusão

Novamente, esta é uma informação que compilei de muitas fontes, bem como de minha experiência pessoal. Só porque uma determinada raça entrou nesta lista, entretanto, não significa que eles não seriam bons animais de estimação para a família, se tivessem os donos e o treinamento corretos.

Como o treinamento (ou a falta de treinamento) e a forma como o cão foi tratado anteriormente podem fazer uma grande diferença na personalidade de qualquer cão, fazer algum tipo de verificação de antecedentes seria uma boa ideia.

Fontes

  1. Dr. Polsky, “Opinião de especialista em cães sobre as raças de cães mais agressivas”, especialista em cães .
  2. Catey Hill, “11 Riskiest Dog Breeds for Homeowners and Renters,” Forbes .
  3. Annie Klacks, “The Most Aggressive Dogs? An Unexpected Answer”, Natural News Blog, 15 de fevereiro de 2014.

Proprietários de cães de todas as idades, ouçam!

0
cachorro aquue no ceara

Proprietários de cães de todas as idades, ouçam!

Os cães requerem mais do que apenas alimentação e amor. Seu cachorro precisa de amor o tempo todo. Como você pode ter certeza do que fazer com o que seu cão realmente precisa? O artigo a seguir abaixo tem as informações de dicas usadas tanto pelo cão quanto para treiná-lo adequadamente.

Certifique-se de que seu animal de estimação seja esterilizado ou esterilizado. A pesquisa sugere que fazer isso pode prolongar a vida do seu cão, reduzindo o risco de câncer. Além disso, os cães que são consertados perdem o desejo de se afastar de casa, limitando sua exposição ao tráfego perigoso e outros perigos.

Como seu cão não pode falar com você, é fundamental que você ouça sua linguagem não verbal. Se seu cachorro fica estressado ao conhecer um novo cachorro ou pessoa, não force. Isso pode fazer com que outro cão ou pessoa seja mordido. Esteja atento a dicas não-verbais para que o cão possa guiar as dicas não-verbais de seu cão e reagir de acordo.

Quando você levar seu cachorro nas férias, use a câmera do telefone para tirar uma foto rápida. Isso será útil caso ele se perca.

Não compre para o cão mais barato uma determinada marca de comida só porque é barato. A ração barata contém muitos conservantes, como sódio, e aditivos que podem ser perigosos para a saúde do seu cão. Verifique com grupos de defesa dos animais ou avaliações de consumidores para encontrar os melhores alimentos para cães que você deve alimentar seu cão. Seu cão ficará melhor.

Reserve um tempo para corrigir o mau comportamento quando o vir pela primeira vez. Você pode acabar com um cachorro que machuca outras pessoas, então controle isso agora.

Certifique-se de seu cão com freqüência. Os cães precisam de atividade física e brincadeiras para se manterem felizes e saudáveis. Quer você leve um cachorro para uma caminhada prolongada ou jogue uma bola, isso irá beneficiar vocês dois.

Apare todo o cabelo que está ao redor das patas do seu filhote para que não fique emaranhado. Um pente deve ser usado primeiro para endireitar o pelo do cão antes de aparar. Se este processo for algo que o incomode, leve-o ao aparador.

Alguns cães são mais propensos a sofrer de problemas de saúde do que outros e, portanto, você deve saber o que procurar em seu cão pode ter problemas. Pesquise seu histórico e tome medidas para evitar problemas aos quais ele pode estar propenso.

Certifique-se de fornecer afeto ao seu cão regularmente. Como costuma acontecer, os proprietários tendem a se concentrar mais no mau comportamento do que no bom. Isso pode significar problemas com o cachorro. Tente elogiar seu cão cinco vezes mais do que quando você o repreende. É muito mais provável que seu cão demonstre um comportamento adequado se você fizer isso.

Não é raro os cães se cortarem após pisar em escombros ou vidros quebrados. Se você notar um pequeno corte em seu cão, certifique-se de que ele seja lavado com anti-séptico e, em seguida, coloque um curativo em volta do ferimento. Se o corte parecer muito profundo, vá a um hospital veterinário de emergência.
Enviar feedback
Histórico
Salvas
Comunidade

Você pode querer um cachorro, você precisa de tempo e paciência para assumir o compromisso que um cachorro exige.

Você deve ficar de olho no que e quanto seu cão. Os filhotes precisam comer opções com alto teor de gordura para ajudá-los a crescer. Se um adulto comer esse alimento, isso pode resultar em ganho de peso.

Tome medidas para manter seu cão durante os meses quentes de verão. Os cães ficam quentes muito rápido. Certifique-se de que eles têm um lugar com sombra para passear durante o verão. Certifique-se de que seu animal de estimação sempre tenha água fresca e limpa ao alcance do cão. Além disso, os raios solares podem afetar seu cão, então veja se o veterinário tem algum protetor solar para cães.

Treinar um filhote na caixa é uma boa ideia se você vai ficar fora o dia todo e não tiver ninguém por perto para cuidar do seu animal de estimação. Isso pode ajudar a prevenir danos à sua casa e urina indesejada ou urinar onde não deveria.

Seu cachorro deve ficar limpo como você. Embora um cão não precise de um banho diário, um banho semanal é definitivamente uma boa ideia. Isso evita irritações na pele e na limpeza de sua casa.

Onde seu cachorro está dormindo? Se você preferir que seu cão durma em uma caixa, nunca o deixe dormir na cama. Se você decidir permitir que seu cão entre em seu quarto, certifique-se de que é algo que deseja fazer todas as noites.

Pergunte ao seu veterinário regular sobre a marca de alimentos para alimentar seu cão. Há uma variedade de questões médicas que podem causar problemas de saúde e precisam seguir certas dietas. Se você não seguir esse plano à risca, dar a ele a comida incorreta pode fazer mal à saúde. Seu veterinário pode fazer recomendações para o melhor plano de dieta.

Se você tem filhos, entende a natureza essencial das rotinas e horários. Os cães são de natureza muito semelhante. Seu cão pode não ter certeza do que esperar. Seu comportamento refletirá no comportamento dele. Você precisa dar ao seu cão um horário específico para comer, brincar e fazer as refeições.

Cães ocupados são geralmente cães felizes. Isso leva à mastigação ou a outros comportamentos inadequados. Os cães cansados ​​são geralmente os mais felizes. Portanto, certifique-se de que seu cão tenha atenção e acesso a brinquedos e atividades para ajudá-lo a se comportar da maneira que você deseja.

Fique por dentro das notícias sobre recalls de alimentos para animais de estimação. Houve casos de substâncias tóxicas para cães. Blogs e comunidades online podem ser uma ótima fonte de informações atuais sobre produtos recolhidos. Esses fóruns normalmente passam informações de maneira mais rápida do que outros meios de comunicação.

Quanto mais tempo você leva para aprender sobre os cães, maior a probabilidade de dominar o campo. Dê ao seu cão a vida longa que ele merece. Se os papéis forem invertidos, você deseja que seu cão descubra tudo sobre você.

Ótimos conselhos sobre cães que qualquer pessoa pode seguir facilmente

0
A pet beagle dog sleeps on a bed under blanket. Dog background. Canine concept.

Ótimos conselhos sobre cães que qualquer pessoa pode seguir facilmente

Ter um cachorro acarreta uma grande responsabilidade. Você precisa manter suas ações são a chave para a saúde e felicidade do seu cão. Se você sabe como obter esse equilíbrio, certifique-se de aprender lendo adiante.

É preciso um pouco de dinheiro para cuidar bem de um cachorro. O seguro saúde para animais de estimação pode ajudar; embora você pague uma taxa mensal ou anual, dependendo das circunstâncias.

Tenha cuidado quando se trata de tratamentos contra pulgas para usar em seu cão. Muitos desses medicamentos contêm ingredientes que podem ser prejudiciais às crianças e podem representar um risco de câncer para as crianças. Converse com o veterinário sobre alternativas mais seguras.

Nunca permita que seu cão saia de seu quintal sem coleira. Você é o único responsável por seu cão fazer isso.

Seu estilo de vida diário pode ajudar a determinar qual raça de cachorro combina com você. Por exemplo, se você gosta de correr, em vez de uma raça de brinquedo que não pode. Se você é uma pessoa caseira, talvez queira um cachorro pequeno. Você ficará muito mais feliz quando fizer um cachorro que se encaixa bem com sua personalidade.

Certifique-se de que as unhas do seu cão são aparadas. Se as unhas do cão enrolarem para baixo, ele provavelmente vai doer muito. Compre algumas tesouras e corte-as você mesmo. Se você não quiser resolver esse problema por conta própria, experimente os tratadores; não custa muito .;

Se você decidir adotar um animal de estimação, marque uma consulta com o veterinário. Os cães têm maior probabilidade de adoecer ou serem expostos a vírus no abrigo. Você precisa garantir ao seu animal todas as injeções necessárias antes de trazê-lo para casa.

Certifique-se de que seu cão faça bastante exercício. Os cães precisam de atividades rotineiras e brincadeiras; é bom para seu físico e saudável. Quer decida levar o cão para passear ou se estiver apenas brincando de buscar, você e seu cão serão beneficiados.

Sempre ensine seu cão a andar corretamente na guia. Isso tornará as caminhadas mais agradáveis ​​para você. Mesmo que você ainda use a guia solta às vezes, ensinar seu cão a andar de salto continua sendo uma tarefa importante como dono de um animal de estimação.

Alguns cães são mais propensos a problemas do que outros, portanto, você deve saber se o seu cão. Pesquise sua ancestralidade e tome medidas para prevenir problemas aos quais ele pode ser um candidato.
Enviar feedback
Histórico
Salvas
Comunidade

Se seu cachorro parece solitário porque você não fica em casa o tempo todo, pense em arrumar um amigo para ele. Os cães são conhecidos por serem animais de carga por sua própria natureza e gostam da companhia de outros cães. Combine-os em níveis de energia e temperamento.

Os cães costumam ter pequenos cortes nas patas. Se o seu cão se cortar, use um anti-séptico e um curativo para limpá-lo e protegê-lo. Se o corte continuar a sangrar, peça a um veterinário para verificar.

Verifique se há carrapatos e pulgas em seu cão todos os dias quando o tempo fica mais quente lá fora. Você pode obter um pente para expelir qualquer pulga. Existem muitas coisas no mercado que o ajudarão a obter as pulgas do seu cão e produtos contra carrapatos para cães. Converse com seu veterinário sobre o uso desses produtos.

Se você está comprando um novo cachorro e já possui outro, tente deixar seu primeiro cachorro encontrar o segundo antes de trazê-lo para casa. Os cães são criaturas sociais, mas às vezes eles simplesmente não se dão bem. Encontrar um cão compatível que se dê bem com o seu animal de estimação atual irá lhe poupar angústia e problemas.

O reforço positivo é uma ótima ferramenta para o treinamento de cães. Recompensas e elogios fazem seu animal de estimação aprender mais rápido do que a violência e a violência. O tratamento humano é mais eficaz e muito melhor para o seu cão ao longo do tempo. Trate bem o seu amigo durante o treino e terá melhores resultados.

Só porque um cachorro está contido do lado de fora não significa que ele precise de tanta atenção quanto um cachorro dentro de casa. Seu cão pode desenvolver maus hábitos, como cavar ou latir, se ficar sozinho o tempo todo. Seu cão pode até ficar nervoso ou com medo das pessoas. Dê ao seu animal de estimação muito amor e brincadeiras para mantê-lo feliz.

Você realmente deve observar tudo o que seu cão consome. Os filhotes podem comer muitos alimentos cheios de calorias porque ainda estão crescendo. Se um cão adulto for alimentado com uma comida com alto teor calórico, ele rapidamente ficará acima do peso e não será saudável.

Fique por dentro das notícias sobre recalls de alimentos para animais de estimação. Houve casos de produtos letais para animais de estimação que são tóxicos para os cães. Existem várias listas de e-mail que enviarão um aviso quando um determinado alimento para animais de estimação for recolhido. Esses blogs e fóruns são capazes de fornecer informações confiáveis ​​com muito mais rapidez do que os meios de comunicação tradicionais.

Muitas vezes seu cão pode ter diarreia por um dia devido a comer algo que não deveria. Se o problema persistir, isso pode ser um sinal de que algo está mais errado e uma visita ao veterinário é necessária.

Uma babá é uma ótima maneira de garantir que seu cão seja cuidado por vários dias. As babás que vão até seu cão estão sendo cuidadas. Isso permitirá que seu filhote fique em um local confortável enquanto é cuidado.

Os cães precisam dos dentes e das gengivas tanto quanto as pessoas. Você deve escovar os dentes do seu cão todos os dias. Isso é ótimo para a saúde e o hálito de um cão quando ele o lambe!

Uma ótima maneira de fazer seu cão se exercitar é administrar em família. Seu cachorro vai adorar você por levá-lo com você para ficar em forma também. Seu cão ficará mais relaxado quando você chegar em casa depois de correr com você.

Agora você pode começar a cuidar adequadamente de seu cão. Você terá maiores recompensas se fizer algumas mudanças para fazer acomodações para seu cão. Se você não vai fazer de tudo para dar ao seu cão a melhor vida possível, por que ter uma?

O que você deve saber se tiver um cachorro

0
cachorro pode comer grama
Yorkshire Terrier on green grass
Yorkshire Terrier on green grass

O que você deve saber se tiver um cachorro

Cuidar de um animal é uma grande responsabilidade. É quase como se você tivesse um filho pequeno que late. Embora seja uma tarefa grande, é possível criar um com bom conhecimento e paciência. Continue lendo para aprender alguns conselhos sobre como ter cães.

É muito difícil cuidar de um cachorro. O seguro para animais de estimação pode ser muito útil, uma vez que os cuidados médicos de emergência para o seu cão podem custar milhares de dólares, e muitas vezes você estará coberto se ocorrer uma grande emergência médica para o seu animal.

Faça com que sua casa seja à prova de cães. Ela deve ser perfeitamente segura antes de você tentar prever quaisquer problemas que seu cão possa enfrentar antes de trazê-lo para casa. Certifique-se de que tudo tóxico seja guardado e que os produtos de limpeza estejam prontos e seguros. Algumas plantas domésticas são tóxicas para animais de estimação e devem ser removidas do alcance de seu cão.

Seu cão não pode falar, você deve aprender sua linguagem não verbal. Se eles parecerem hesitantes em se encontrar com outros cães ou pessoas, não insista para que eles interajam. Isso pode causar medo e morder seu cão ou pessoa. Esteja atento a dicas não-verbais para que o cão possa guiar as dicas não-verbais de seu cão e reagir de acordo.

Desconfie dos tratamentos contra pulgas a serem usados ​​em seu cão. Muitos deles contêm ingredientes que podem colocar as crianças em risco de desenvolver vários tipos de câncer mais de 1000 vezes o que a EPA pode considerar seguro. Converse com o veterinário para determinar se há mais seguro para o seu cão.

Não os treine em um parque. Eles podem se distrair e não aprender nada.

Seu cão pode descobrir as coisas com mais facilidade quando recebe esse tipo de sinal. Experimente os dois métodos para ver qual é o melhor para o seu cão.

Fale com o seu veterinário para ver o quanto você terá que alimentar os hábitos alimentares do seu cão. Enquanto algumas pessoas alimentam seus cães de acordo com as diretrizes da embalagem da ração, às vezes essas diretrizes são inadequadas para o seu cão. Seu veterinário saberá quais são as necessidades específicas do seu cão.

Deixe seu cachorro mastigar um pouco de couro cru em vez de ossos da carne que você come. Ossos reais podem lascar ou quebrar e se alojar em locais prejudiciais, como o trato digestivo.

Não tenha pressa e corrija o mau comportamento de seu cão na primeira vista. Você pode acabar com um cachorro que machuca outras pessoas, então controle isso agora.

Existem muitos cães menos afortunados em abrigos para sem-teto que adorariam encontrar um lar para sempre.

Leve seu cachorro ao veterinário com freqüência. Os filhotes tendem a precisar do veterinário com mais frequência. Você precisa ir ao veterinário imediatamente se seu cão parecer doente ou machucado.

Use um bom removedor de odores que funcione. Se restar algum cheiro do acidente, ele pode ir ao banheiro novamente.

Tenha cuidado com o tipo de alimento do seu cão. Você certamente pode economizar algum dinheiro servindo as sobras do seu cão, mas isso é muito prejudicial à saúde.

Você realmente precisa considerar a adição de uma casa para cães. Há muitas maneiras de fazer isso e é muito simples cair na cara de um filhote de cachorro fofo. Considere todas as opções para saber que pode gerenciar tudo com segurança.

Tome precauções com o seu cão durante a saída de calor. Não é preciso muito para os cães superaquecerem. Certifique-se de que eles tenham um lugar com sombra para passear durante o verão. Seu cão deve sempre ter acesso a água limpa e fresca. Além disso, os cães podem sofrer os efeitos do sol, então pergunte ao veterinário se você pode conseguir algum protetor solar para Seu cachorro.

As caminhadas são muito importantes para a vida do seu cão.

Dê uma boa olhada no que você quer alimentar para seu cachorro. Algumas marcas de alimentos são muito melhores do que outras quando se trata de comida para cães. Seu veterinário poderá ajudá-lo a escolher um alimento que se encaixa na raça do seu cão, levando em consideração a do seu animal de estimação. saúde e idade) exatamente. Isso pode ajudar a impulsionar a vida do seu animal de estimação.

Você precisa parar de confortar seu cão se ele choramingar. Pode parecer sensato confortá-lo, mas apenas confirma para o cão que há algo a temer Faça um jogo familiar que seu cão adora ou dê a ele um brinquedo para criar uma distração.

Um ou dois dias depois, seu cão pode ter comido algo que se resolve rapidamente. Se durar mais do que isso, isso pode ser um sinal de que algo está mais errado e uma visita ao veterinário é necessária.

Uma babá é uma ótima maneira de garantir que seu cão seja cuidado por vários dias. Uma babá cuidará das necessidades essenciais de seu cão. Isso permitirá que seu cão permaneça em seu ambiente enquanto é cuidado.

Lembre-se de levar em consideração a saúde emocional de seu cão antes que as festas de fim de ano cheguem. Mantenha o cão dentro de casa, em um lugar tranquilo e seguro durante esses horários e, se ele estiver realmente assustado, tranquilo e relaxando.

Agende visitas ao veterinário para o seu cão. Um bom veterinário é muito importante. Ele vai fornecer ao seu cão os medicamentos e também as injeções de que ele precisa. O veterinário também se certificará de que seu cão está no futuro.

Comece a ensinar o básico sobre a preparação de seu cão. Se você começar a escovar bem cedo, nunca terá problemas com isso. É muito difícil preparar um cão resistente.

Mantenha o Fido hidratado e confortável ao ir ao parque ou passear. Sempre tenha uma fonte de água com você. Se você sabe que terá uma fonte de água limpa, leve uma tigela dobrável de onde seu canino possa beber.

Cuidar do seu cão é um trabalho sério. A saúde e a felicidade do seu cão dependem dos seus cuidados exatamente da mesma forma que a saúde e a felicidade de uma criança. Cuidar de um cão exige consistência e responsabilidade, e você pode fazer isso se se empenhar. Siga os conselhos apresentados aqui para cuidar bem do seu melhor amigo.

28 raças de cães fofos (raças grandes e pequenas)

0
Yorkshire Terrier on green grass
Yorkshire Terrier on green grass

28 raças de cães fofos (raças grandes e pequenas)

É tão fofo! Aqui está um guia rápido das principais raças de cães pequenos, médios e grandes, além de algumas informações sobre a raça para ajudá-lo a começar com seu companheiro felpudo perfeito. 

Higiene pode fazer toda a diferença

Na maioria das raças, a melhor maneira de maximizar o fluffiness do seu cão é simplesmente feita com a preparação e manutenção adequadas. Na maioria das vezes, isso significa aumentar o casaco e acompanhar a escovação diária para afofar o casaco. Uma boa escova mais lisa na verdade aumentará a aparência fofa, separando os pelos individuais, enquanto remove os tapetes e emaranhados. 

Cães fofos pequenos


1. Bichon Frise

Alegre, amorosa e um pouco problemática, a Bichon Frise tem muita personalidade para compartilhar com todos ao seu redor. Eles compartilham muitas características de um poodle toy, com sua pelagem macia e crespa e a face do brinquedo. O Bichon é descrito como afetuoso, bobo e gentil. Eles preferem ser seu companheiro de tempo integral, por isso não gostam de ficar sozinhos por longos períodos de tempo.

O Bichon pode ser cultivado e aparado em um ursinho de pelúcia ou em raças para obter aquele pêlo branco e fofo. Descubra mais cães com pelos cacheados aqui.

2. Coton De Tulear

Coton-De-Tulear

Os cotons podem ter um apelo suave e macio, mas são mais parecidos com velcro, porque ficam presos ao seu lado onde quer que você vá. Isso porque a única coisa que esse cachorro quer é estar ao seu lado.

Os cotons são conhecidos por seu comportamento doce e calmo, mas também por serem bastante inteligentes. Isso os torna incrivelmente flexíveis para sua rotina, desde que você possa acomodar essa criatura curiosa seguindo você o dia todo.

3. Cockapoo

cockapoo

Como você pode ter derivado do nome, o Cockapoo é um cruzamento entre um Cocker Spaniel e um Poodle, e compartilha as melhores características de cada um. Eles são incrivelmente inteligentes e gentis, facilitando o treinamento e adaptando-se a qualquer família.

Sua capacidade de encontrar alegria em qualquer situação é contagiosa, e é difícil não rir de seu comportamento bobo. E aquele casaco peludo grosso? Ele precisará de escovação diária e banho ocasional, mas não é muito difícil de manter. 

4. Havanese

havanese

Os Havanese têm o maior coração de todos, e estão absolutamente apaixonados por você. Este é o epítome de um cãozinho colado ao seu lado e procurando um lugar quente para tirar uma soneca o tempo todo.

Eles são bastante adaptáveis ​​ao seu estilo de vida, mas os Havanese não gostam de ficar sozinhos e podem latir e uivar enquanto você estiver fora, o que pode torná-los difíceis cães de apartamento. Eles podem ser excessivamente tímidos, mas algum treinamento e socialização iniciais podem ajudar a conter sua ansiedade.

5) Pequinês

pequinês

O pequinês é uma raça única originária da China antiga, mas o mais macio é o casaco macio, que pode ser moldado em todos os tipos de modas luxuosas. O que outras pessoas estão dizendo

Pequinês pode ser muito teimoso e independente, e eles tendem a criar suas próprias regras à medida que avançam. Treinamento potty, latidos ou treinamento em geral exigirão muita paciência e persistência. Com isso em mente, os pequineses não são adequados para famílias com crianças pequenas, outros cães ou proprietários de primeira viagem.  

6 Lhasa Apso

O Lhasa Apso já foi usado para guardar palácios reais no Tibete, e ainda carrega esse orgulhoso dever até hoje. Estes são cães muito independentes que levam a posição de proteger muito a sério. Portanto, podem ser muito desagradáveis ​​com estranhos, enquanto ferozmente leais à família.

Esta é uma raça de cabeça forte, e é preciso treinamento consistente de um líder forte para que os Lhasa prestem atenção. Devido à sua natureza protetora, eles devem absolutamente ter uma socialização precoce. Apesar de sua pelagem espessa, esses cães não perdem . 

7. Pomerânia

Pomerânia

Um criador de problemas às vezes excessivamente confiante (mas tudo se diverte), o Pomeranian é a estrela de seu próprio programa. Eles podem ser descritos como confiantes, curiosos e gostam de ser tratados como um príncipe (ou princesa).

Os pais são um cúmplice perfeito para se aventurar, pois gostam de passar os dias seguindo você e genuinamente desfrutam de novas experiências. Lembre-se de que eles são sensíveis ao calor e precisam se refrescar de vez em quando. 

Seu pêlo macio precisa de manutenção e escovação diárias, e eles podem soltar uma quantidade impressionante de cabelo por um pequeno bicho. 

8. Shih Tzu

shih-tzu

O principal objetivo de um Shih Tzu na vida é fazer você rir, e eles geralmente são bem-sucedidos. Seus atributos curiosos, divertidos e amáveis ​​fazem deles o palhaço da classe. Estes cães foram originalmente criados para companhia, o que se torna rapidamente óbvio com sua atitude de bom humor. Tudo isso junto torna o Shih Tzu perfeitamente compatível com seu estilo de vida.

No entanto, esses filhotes podem ser bastante excitáveis ​​e cheios de energia; portanto, brincadeiras, passeios ou até mesmo outro companheiro de Shih Tzu podem ajudar a queimar esse excesso de excitação.

9 Caniche de brinquedo

poodle toy

Você já deve ter ouvido falar que os Poodles são incrivelmente inteligentes, e a versão do brinquedo não é diferente. Treinar um Poodle é uma alegria absoluta, e isso os torna bastante compatíveis com sua família.

Mas com toda essa inteligência, eles podem ser bastante teimosos em outras áreas, como latir ou ser destrutivo. Eles são conhecidos por serem bastante barulhentos e latem para o que interessa. O treinamento diário, o exercício e a estimulação mental ajudarão a conter os maus comportamentos e manterão o conteúdo do seu amiguinho. O que outras pessoas estão dizendo

10. Yorkshire Terrier

yorkie

Yorkies são a estrela de seu próprio programa, e eles sabem disso. Eles gostam de mostrar sua personalidade e sass, e podem ser bastante tolos e divertidos quando o clima está bom. No entanto, eles podem ser delicados com quem é permitido em torno de seus donos e podem ser desagradáveis ​​com estranhos ou crianças. Eles também têm uma unidade de presas muito alta, portanto, pouco barulho ou bicho pode colocar esses cães em um frenesi latindo (ou perseguindo). 

Embora possam certamente ser um punhado, eles não têm falta de amor por seus donos. Esteja ciente de que, às vezes, com todo esse amor, vem o ciúme.

Cães fofos médios


1. Esquimó Americano

Inteligente, carinhoso e animado pela vida – o esquimó americano é um cão de família perfeito. Estes são cães enérgicos e curiosos que procuram novos desafios diários, por isso precisam que você os estimule físico e mentalmente. Com toda essa energia e inteligência, você não quer que esses cães fiquem entediados ou podem resultar em comportamento destrutivo.

Além disso, os Eskies são considerados cães “velcro”, e ficam presos a você o dia inteiro, seguindo você pela casa como uma sombra curiosa. Estes não são cães que você pode deixar em paz por um longo período de tempo.

2. Chow Chow

chow-chow

O “mais arrogante” de todas as raças, o Chow Chow tem um visual inconfundível e adorável. Mas esses cães podem ser tudo menos fofinhos, pois são conhecidos por terem um espírito muito independente. Eles costumam suspeitar de estranhos e outros animais e são conhecidos por serem muito protetores.

Com treinamento e socialização precoces, seu Chow Chow aprenderá a aceitar crianças e estranhos. Mas sem esse treinamento precoce, a paciência desse cão se esgotará. Portanto, se você adotar um Chow Chow mais antigo, é recomendado para famílias mais velhas e proprietários / treinadores experientes.

3. Lapphund finlandês

Lapphund finlandês

Como fuzzballs, na verdade, é uma raça de pastoreio trabalhadora originária de Lapônia, Finlândia (daí o nome). Mas o Lapphund se aposentou das pastagens de renas para um estilo de vida mais confortável, por estar perto de familiares e amigos.

São companheiros incrivelmente amigáveis, e combinados com o desejo de agradar, se destacam em obediência e agilidade. No entanto, eles exigem muito exercício e têm um forte instinto de latir, sem mencionar que podem derramar uma quantidade impressionante de pêlo. 

4. Keeshond

keeshond

Este cão ama nada mais do que passar tempo com sua família e entes queridos. De fato, o Keeshond é um animal altamente social e não pode ser deixado sozinho a qualquer momento. Isso ficará muito aparente quando eles “velcro” chegarem a você e seguirem você em todos os lugares. E essa pelagem grossa também precisa de amor, pois você assume o papel de um brusher em tempo integral para controlar as grandes quantidades de derramamento.

Os Keeshonds podem ser uma raça mordaz e, embora tenham as melhores intenções, tendem a latir e gritar com frequência. 

5) Cão pastor de Shetland

cão pastor de shetland

Os “Shelties” têm uma longa história de pastoreio e trabalho com os agricultores, tornando-os incrivelmente trabalhadores e companheiros ferozmente inteligentes. Não é à toa que esses cães sempre podem ser encontrados nos anéis de agilidade e obediência. Eles também têm um amor infinito por sua família e querem agradar a todos os seus donos. O que outras pessoas estão dizendo

Os instintos de pastoreio de Sheltie ainda prevalecem hoje, e eles terão um forte desejo de latir e rebanhar sempre que a situação se apresentar. É necessário muito exercício e estímulo mental para mantê-los felizes e calmos.

Cães grandes e fofos


1 Pastor australiano

“Aussies” são literalmente animais de festa. Eles têm quantidades aparentemente intermináveis ​​de energia e estão sempre prontos para se divertir. Seu estilo de vida ativo pode ser atribuído a ser uma raça de trabalho, e eles ainda têm todos os seus instintos de pastoreio. Isso significa que você não pode perder um dia de exercício (faça chuva ou faça sol) e uma simples caminhada não será suficiente, esses cães precisam correr . Não há nada mais destrutivo do que um australiano entediado que não conseguiu fugir. Para tirar o máximo proveito dos casacos australianos, você precisará de uma boa escova .

2. Cão de montanha de Bernese

Os berneses são cães grandes, bobos e adoráveis ​​que querem passar todo o tempo com sua família. Embora ainda considerado uma raça de trabalho, o Berner é muito mais adaptável a um estilo de vida calmo e ansioso para agradar seus proprietários. A inteligência deles misturada com o desejo de aprender os torna muito treináveis ​​e eles se encaixam rapidamente na rotina da sua família. 

A única parte difícil de possuir um Berner é o seu tamanho, que geralmente excede 100 libras. Às vezes, eles simplesmente não percebem quão grandes são e seu comportamento bobo leva a acidentes, mas tudo é divertido.

3. Collie barbudo

collie barbudo

Collies barbudos são conhecidos por serem bastante ativos, inteligentes e felizes! Mas muitas vezes eles podem ser um pouco espertos demais para o seu próprio bem e, quando entediados, vão procurar problemas. Muitas vezes, esse mau comportamento pode ser restringido com muito exercício e estimulação mental; afinal, é uma raça de trabalho. De fato, os Collies são excelentes em obediência, agilidade e rali, e são uma solução perfeita para os proprietários acompanharem o estilo de vida ativo de seus cães.

4) Bouvier des Flandres

Bouvier-des-Flandres

Poderoso e destemido, o Bouvier é um verdadeiro atleta entre os cães. Eles foram originalmente criados como pastores e cães de trabalho em fazendas. Eles são grandes e poderosos, às vezes pesando até 100 libras, mas podem transportar esse peso sem problemas com suas pernas rápidas. O exercício diário é absolutamente necessário para manter esse conteúdo grandalhão.

Apesar de sua atitude de “durão”, eles são criaturas verdadeiramente gentis e afetuosas com seus entes queridos e são ótimos com crianças, mas desconfiam de estranhos e outros cães.

5. Eurasier

Eurasier

Trata-se de uma raça única originária da Alemanha, mas está lentamente ganhando popularidade. O Eurasier é descrito como curioso, calmo, inteligente e afetuoso. Embora raramente agressivos, eles suspeitam de estranhos e novos cães – mas alguma socialização precoce pode ajudar a reduzir a timidez. 

Os Eurasier estão apaixonados por seus donos, e sua inteligência os torna fáceis de treinar. Sem mencionar que eles não são excessivamente ativos, por isso seu comportamento calmo os torna um excelente animal de estimação da família. Esse casaco precisa de um pouco de amor extra, já que os Eurasier são galpões para serviços pesados.

6 Grandes Pirineus

Pirineus

A palavra “Grande” nos Grandes Pirineus não é exagero; esses cães não são apenas bonitos, fortes e majestosos, mas também são ótimos fisicamente, com mais de 30 cm de altura e geralmente ultrapassando 100 libras. Os Pirineus já foram usados ​​nas montanhas para guardar ovelhas, de modo que muitas vezes podem ser muito teimosos e independentes (como é sua natureza). No entanto, eles também são conhecidos por seu comportamento calmo e devoção à família, o que pode levar a ser muito protetor. 

7) Leonberger

leonberger

Leonbergers são cães gigantes e bobos, com todo tipo de personalidade, e estão sempre procurando o próximo problema. Com todo esse tamanho e energia, eles certamente podem ser um punhado, e sua atitude pateta pode testar sua paciência com o treinamento. A boa notícia é que eles compensam isso com suas travessuras hilariantes e carinho sem fim pela família.

Apesar de suas tendências cômicas, os Leonbergers são bastante inteligentes e, com bastante treinamento e exercício, esses cães podem se destacar nas competições e se tornar um companheiro familiar bem treinado. 

8. Malamute

Malamute

O Malamute do Alasca é uma raça de trabalho forte, frequentemente usada para andar de trenó, caminhada e mochila pelo terreno ártico. Eles são a própria definição de um grande cachorro fofo.

Por causa de sua tendência a puxar, cavar, perseguir e derramar – esses cães são um punhado em uma casa de família. Eles são muito independentes e são necessários anos de treinamento para superar sua teimosia. Com isso dito, este cão não é recomendado para proprietários de primeira viagem. 

Com um ótimo penugem, há ótimos derramamentos; nesse caso, você pode querer o melhor pincel para controlar o derramamento .

9 Terra Nova

Terra Nova

“Newfies” são mais de 150 libras de amor, e pronto para ser um grande parte de sua família. Eles são extremamente leais, calmos e são frequentemente apontados como sendo um “gigante gentil”. De fato, o único desafio de possuir uma Terra Nova é seu tamanho, o que também contribui para uma quantidade incrível de baba e derramamento.

Dado seu temperamento e força, são cães de trabalho com vários talentos e até são usados ​​para missões de resgate, terapia humana ou para transportar equipamentos em terrenos difíceis. 

10) Cão de pastor inglês velho

old-english-sheepdog

Não há como confundir este grosso casaco felpudo, e, como o nome indica, esse cachorro foi usado para pastorear ovelhas naquela época. Embora ainda sejam uma raça de trabalho, esses cães se contentam em viver um estilo de vida mais confortável. Eles são cães afetuosos, entusiasmados e ferozmente inteligentes. Misture tudo isso com o desejo de agradar seus donos e você terá um cachorro pronto para ser seu companheiro para toda a vida. 

11) Rough Collie

áspero-collie

Assim como você esperaria de Lassie , a Rough Collie é leal, inteligente e sempre atenta a possíveis perigos. Eles são protetores, mas não agressivos, tornando-os um ótimo cão de guarda familiar. O que outras pessoas estão dizendo

Apesar do dever de guarda, os Rough Collies são emocionalmente sensíveis e, às vezes, tímidos. Você descobrirá rapidamente que eles estão sintonizados com suas emoções e responderá de acordo com o que está sentindo, o que os torna especialmente bons cães de terapia. Escusado será dizer que Rough Collies ganha o prêmio de cão mais familiar. 

12) Samoieda

Samoieda

Se você está procurando um cachorro grande, branco e macio, não procure mais. O Samoieda é uma raça de cachorro adorável, feliz e muitas vezes “faladora” que o fará sorrir. Eles são mais felizes quando estão com a família e não gostam de ser deixados sozinhos. Eles também são conhecidos por terem uma alta quantidade de energia e por estarem sempre conversando com uma variedade de latidos, uivos e grunhidos.

Isso pode ser um problema para algumas famílias, pois um samoiedo entediado se tornará barulhento e destrutivo. Se você pode acomodar o estilo de vida ativo e a necessidade constante de “conversar”, encontrará um companheiro adorável. 

13. Mastim tibetano

mastim tibetano

Pesando até 175 quilos e medindo 30 polegadas de altura, o Mastiff tibetano é um animal. Sem surpresa, esses Mastiff foram usados ​​durante séculos para guardar animais vivos. 

Apesar das aparências, esta fera tem um coração enorme e pode ser muito afeiçoada e carinhosa com os proprietários. Eles são calmos, pacientes e querem nada mais do que sair com a família o dia todo.

Conseguir um cão desse tamanho vem com alguns obstáculos. Treinamento e socialização desde tenra idade são absolutamente essenciais. Você quer que seu mastim fique confortável com crianças, outros animais de estimação e estranhos. Mas essa raça é conhecida por ser muito teimosa, e a obediência não está no topo de suas prioridades.

Como adestrar um cachorro filhote

0
cachorro pode comer grama

Como adestrar um cachorro filhote

Você está pronto para começar a adestrar o seu cachorro ou filhote? 

Treinamento e socialização adequados estão entre as necessidades básicas do seu cão. É importante começar a treinar seu cão o mais rápido possível.

No início, o treinamento do cão pode parecer bastante avassalador, especialmente se este for o seu primeiro cão. A verdade é que treinar seu cão é um projeto muito grande. Se você seguir passo a passo, verá que a tarefa é bem menos assustadora. Aqui estão algumas informações para ajudar você a começar:

  • Inicie um programa de obediência para cães: Aprenda a estabelecer uma base básica antes de começar a treinar seu cão.
  • Treine seu cão usando jogos: Treinar seu cão deve ser divertido! Todo mundo sabe que é mais fácil aprender quando você está se divertindo, então tente implementar alguns jogos em seu regime de treinamento de cães.
  • Seis semanas para um cão bem treinado: Usando esta programação como guia, você poderá ensinar seu cão o básico em cerca de seis semanas.
  • Reforço positivo: existem muitas maneiras diferentes de adestrar o seu cachorro, mas a maioria dos profissionais concorda que o caminho positivo é o melhor para o cão e o treinador.
  • Assista agora: Como treinar seu cão com reforço positivo

Precisa de ajuda com o treinamento do cão? Considere obter ajuda de um treinador de cães. Experimente aulas em grupo e / ou aulas particulares, e confira aqui dicas de treinamento acessível para cães.

Treinamento da casa e treinamento da caixa

A menos que você planeje manter seu cão ao ar livre – e poucos de nós o fazem porque não é recomendado – você precisará ensinar a ele onde eliminá-lo. Portanto, o treinamento em casa (também chamado de treinamento em housebreaking ou potty ) é uma das primeiras coisas em que você precisa trabalhar com seu cão. O treinamento em caixas pode ser uma parte muito útil do processo de treinamento. Isso inclui o treinamento da casa, bem como muitas outras áreas de treinamento:

  • Aqui estão os conceitos básicos de treinar seu cão ou filhote para aceitar e até desfrutar da caixa. Não apenas ajudará nas tarefas domésticas, mas também dará ao seu cão um lugar próprio.
  • Como treinar seu cão em casa: Quando se trata disso, o treinamento em casa não é tão complicado, mas isso não significa que é fácil. Consistência e diligência são fundamentais durante o processo de abertura de casa.
  • Micção por submissão / excitação em cães: se o seu cão ainda está tendo acidentes em casa, pode ser mais do que um simples problema de invasão de casa. Seu cão pode urinar por excitação ou para expressar um comportamento submisso.

Coleira de treinamento Cães e Filhotes

Todo cão precisa aprender a andar com uma trela. Além do fato de que a maioria das áreas possui leis de proteção, haverá momentos em que manter seu cão na é para sua própria segurança. Aprenda a apresentar o seu cão ou filhote à trela e ensine-o a andar corretamente na trela, mesmo ao seu lado em uma bicicleta. Uma caminhada solta na coleira ensina seu cão a não puxar ou estocá-lo quando estiver na coleira, tornando a experiência mais agradável para você e seu cão.

Como socializar cães e filhotes

Socialização significa treinar seu filhote ou cachorro adulto para aceitar novas pessoas, animais e vários lugares, expondo-o a essas coisas. Cães socializados são menos propensos a desenvolver problemas de comportamento e geralmente são mais bem-vindos por outros. A socialização também pode ajudar a impedir o desenvolvimento de fobias.

A linha inferior é que socializar seu cão ou filhote fará dele um cão mais feliz e mais bem-comportado.

Treinamento Clicker para Cães

O treinamento com clicker , uma forma comum de reforço positivo, é um método simples e eficaz de treinamento de cães . Embora ainda seja bom treinar seu cão sem o treinamento com cliques, muitas pessoas acham útil. Com o treinamento com clickers, você pode ensinar seu cão com facilidade e eficácia a todos os tipos de comandos e truques básicos e avançados. É rápido e fácil aprender a treinar seu cão com clicker

Comandos básicos e truques divertidos

Existem alguns comandos básicos de treinamento para cães e truques para cães que todo cachorro deve saber como vir, falar, largar, ficar, voltar, etc. Os comandos básicos dão estrutura ao seu cão. Além disso, eles podem ajudá-lo a superar problemas comuns de comportamento do cão e ajudarão a mantê-lo seguro.

Como treinar seu cão para ficar

O que é mais divertido do que mostrar os truques legais do seu cão ?! Os truques para cães são uma ótima maneira de levar o seu treinamento para o próximo nível e dar a ele um estímulo mental.

Prova de comportamentos e solução de problemas

A prova é o último passo para treinar seu cão a adotar um novo comportamento. Aprenda a provar comportamentos para que seu cão seja tão obediente no parque ou na casa de um amigo, se ele estiver em sua própria sala de estar.

Lembre-se, apenas porque você atingiu os estágios finais do treinamento, não significa que problemas de comportamento não surjam. Aprenda sobre os problemas mais comuns de comportamento canino e como lidar com eles. Estes guias ajudarão você a navegar nesta parte do processo de treinamento:

  • Prova de comportamentos: pratique comportamentos em uma variedade de situações com diferentes níveis de distração. Sem provas, seu cão pode se comportar bem em sua sala de estar, mas parece esquecer todo o seu treinamento quando está fora de casa.
  • Ensine o autocontrole do seu cão: esse método ensina ao seu cão que nada na vida é gratuito, mas que ele precisa ganhar coisas como comida e atenção através da obediência.
  • Problemas comuns de comportamento canino: compreender os possíveis problemas comportamentais pode ajudá-lo a detectá-los e resolvê-los antes que as coisas saiam do controle.
  • Gerenciamentodo comportamento canino versus treinamento canino: Embora o gerenciamento do comportamento canino e o treinamento canino sejam duas coisas diferentes, eles não são mutuamente exclusivos. O gerenciamento do comportamento é uma parte importante de qualquer programa de treinamento de cães.

Treinamento avançado para cães

Depois que seu cão dominar todos os conceitos básicos, considere seguir para truques mais avançados. Essas atividades ajudarão a manter seu cão ativo, apto e mentalmente estimulado. Além disso, eles ajudarão a fortalecer o vínculo você compartilha com seu companheiro canino.

Lembre-se de que o treinamento é um processo contínuo. Você nunca estará completamente terminado. É importante continuar trabalhando no treinamento de obediência ao longo da vida de seu cão. As pessoas que aprendem um idioma em tenra idade, mas param de falar, podem esquecer muito disso à medida que envelhecem. O mesmo vale para o seu cão: use-o ou perca-o. Executando até os truques e comandos mais básicos, eles os ajudarão a se refrescar na mente do seu cão. Além disso, é uma ótima maneira de passar tempo com seu cão.

Coelhos – tudo que você precisa saber sobre esses pets

2
coelho em caucaia

Você está procurando aquele pet ideal, um que seja econômico, não ocupe muito espaço, seja carinhoso, e o melhor, não seja barulhento?

Se a resposta e sim, um coelho pode ser a solução do problema.

Coelhos, além de bichinhos fofinhos que fazem a alegria da criançada, são uma excelente opção para quem quer muito ter um pet, mas não dispõe de tudo que um bichinho de estimação convencional necessita, como espaço, por exemplo.

Porém, mesmo estando entre os pets mais simples de se criar em casa, é preciso saber algumas coisas sobre eles antes de decidir adotar um de fato.

Quer saber tudo que precisa sobre coelhos e como criá-los? Então continue lendo esse artigo até o fim.

Por que ter um coelho?

Adotar um pet é uma decisão séria e precisa ser tomada com consciência. Trata-se de mais uma responsabilidade na vida. É necessário dedicar tempo e atenção, dar carinho, além dos custos. Por conta disso que muitas vezes um cão ou um gato fica fora de cogitação.

Coelhos são mesmo uma excelente opção para isso. Claro que eles também demandam cuidados e até gastos, porém, algumas de suas características como o tamanho e o comportamento mais pacato fazem desse pet não convencional a opção perfeita para quem não dispõe de muito espaço, como em um apartamento pequeno, ou de muito dinheiro para gastar.

Necessidades dos coelhos

Apesar de ser bem simples ter um coelho como bichinho de estimação, ele ainda necessita de algumas coisas como os demais pets. É muito importante dedicar um tempo diário para interagir e brincar um pouco com o coelho, evitando assim o estresse no animal.

Mesmo sendo um pet de pequeno porte que é ideal para apartamentos ou casas pequenas, coelhos ainda precisam de certo espaço para se exercitarem e esticarem as pernas durante o dia. Veterinários alertam que manter esses animais confinados em pequenos espaços por muito tempo pode gerar sérios problemas de saúde para eles.

O ideal é deixa-los livres pelo ambiente, ao menos duas vezes ao dia.

Comportamento

Geralmente, coelhos tem um comportamento bem pacato. Quase não fazem barulho, então problemas com vizinhos reclamando estão descartados. São bem independentes também, podendo ficar sozinhos e por conta própria em alguma parte da casa/apartamento por horas sem se importar.

É bom lembrar que coelhos são roedores, isso significa que eles têm a necessidade de sempre gastar seus dentes principais, e o alvo para isso pode ser pés de moveis, brinquedos ou outros objetos de valor. É bom ficar atento a isso.

Apesar de carinhosos, também podem ser animais desconfiados e até assustados (resultado de sua condição de caça atrelado a sua espécie). Então, pode ser que leve um tempo até seu coelho retribuir o mesmo carinho que você empregue a ele. O segredo é tem paciência.

Outros animais da casa também podem deixar eles nervosos, então é bom que o coelho tenha um espaço só seu.

Fêmeas ou machos?

Ser fêmea ou macho não deve ser algo que influencie na hora de levar um coelho para casa. O comportamento desses animais geralmente é bem semelhante, independente do gênero.

Mesmo assim os veterinários alertam que em caso de haver mais de um coelho no ambiente, é preciso ficar atento a certos comportamentos da espécie.

Dois machos, por exemplo, podem começar a demarcar seu território, e o resultado disso é urina de coelho por toda a casa (coisa que ninguém quer, lógico). Duas fêmeas também podem se estranhar de vez em quando, mas em menor proporção que os machos, que são mais territorialistas.

No caso de haver um casal, o ideal é fazer uma castração o mais rápido possível. As fêmeas de coelho costumam ficar em estado fértil com bastante frequência (principalmente junto de machos) e mesmo depois do parto, demoram pouquíssimo tempo de “resguardo” e logo estão no período fértil novamente.

 

 

Alimentação e higiene

Esqueça o que viu nos desenhos animados. A alimentação dos coelhos vai muito além e apenas cenouras.

O indicado por veterinários é que a alimentação desses animais tenha por base vegetais como folhas e feno. Também existem rações especiais comercializadas em pet shops que ajudam e muito na alimentação deles. Algumas frutas como morango e kiwi também caem bem na dieta desses bichinhos. Existem alguns alimentos que devem passar longe da dieta dos coelhos, como é o caso da alface e a salsa, pois podem causar problemas gastrointestinais.

Se houver plantas no ambiente, é necessário tirá-las do alcance dos orelhudos. Coelhos tem o costume de mastigar toda folha que encontram pela frente e isso pode resultar em graves acidentes com plantas toxicas ou venenosas.

Sobre a higiene a primeira coisa a se saber é que coelhos não tomam banho. A água não faz muito bem ao sistema imunológico desses animais. A limpeza deles deve ser feita à seco, com escovações regulares do pelo para retirar sujeiras como restos de alimentos ou fezes.

O local onde o coelho dorme também precisa de cuidados. Coelhos são pets bem limpos, e por isso costumam ficar estressados ou nervosos em meio a muita sujeira. O ideal é lavar a casinha ou caminha dele ao menos duas vezes ao mês.

 

Raças

Como gatos ou cães, coelhos também têm diversas raças. Cada raça possui características bem próprias, que vão desde o tamanho, tipo da pelagem tamanho das orelhas ou das patas e etc. Dependendo da sua necessidade você pode escolher entre um belier bem menor ou um grandalhão coelho inglês. Você escolhe.

 

Finalizando.

Agora que você sabe tudo que precisa sobre coelhos e como cria-los no seu lar, já pode adotar um, dois, ou quantos você quiser. Use nossas dicas e seja feliz com seu novo pet fofinho.

Esse conteúdo lhe ajudou de alguma forma? Então, não se esqueça de curtir e compartilhar em suas redes sociais para que ele siga ajudando mais pessoas. Não se esqueça de deixar seu comentário, pois sua opinião é a parte mais importante de nosso trabalho.

Leia mais sobre esses artigos

Cachorros pode comer ovo.

O que avestruz come.